11 de dez de 2013

Aprendizado piesoso 81

"Por que estamos tão pouco reconciliados com o tempo é que ainda estamos surpresos com isso. 'Como ele cresceu!', exclamamos 'Como o tempo voa!', como se a forma universal de nossa experiência fosse novamente e novamente uma novidade. É estranho, como se um peixe ficasse repetidamente surpreendido com a umidade da água. E isso seria realmente estranho, a não ser, é claro, que o peixe estivesse destinado a tornar-se, um dia, um animal terrestre."
(C.S. Lewis, "Reflections on the Psalms")

3 de dez de 2013

Aprendizado piedoso 80

"Um dom inefável
O Infinito tornou-se finito. O Criador se tornou uma criatura. Ele (que fez todas as coisas a partir do nada) nasceu de uma mulher. Ele (a quem os céus não podem conter) estava contido no pequeno útero de uma mulher. O pão da vida estava com fome. A água da vida estava com sede. A maior descanso estava cansado. A maior alegria estava triste. A maior fúria e o maior favor se encontraram na cruz. O maior ódio e o maior amor se manifestaram na cruz. Infinita justiça foi satisfeita e infinita misericórdia foi garantida na cruz. Estamos enriquecidos por Sua pobreza, preenchidos por Seu vazio, exaltados por Sua desgraça, curados por Suas feridas, confortados por Sua dor, e justificados por Sua condenação.
'Graças a Deus pelo seu dom inefável!' (2 Coríntios 9:15)."
(Stephen Yuille, traduzido do original encontrado neste link.)

2 de dez de 2013

Aprendizado piedoso 79

"Não se preocupe com a tempestade quando você está navegando no navio de Cristo: nenhum passageiro nunca vai cair ao mar. Mesmo o passageiro com mais náusea, é certo que aportará em terra com segurança."
(Samuel Rutherford)

Buscador encontrado

Busquei incessantemente a verdade, desde quando tenho a consciência de buscador...
Busquei, acreditando encontrá-la apenas na explicação natural, de acordo com a lógica científica...
Busquei, certo de que as equações e os modelos da realidade física seriam suficientes para explicar...
Busquei, acreditando somente no poder da busca e no potencial das ferramentas humanas...
Busquei, maravilhando-me com as descobertas parciais sobre a extraordinária ordem da natureza...
Busquei, crente de que a minha curiosidade seria sanada e preenchida apenas desta forma...
Busquei com toda a veemência, com todo o rigor científico, com toda a capacidade da minha volição...
Busquei tanto, tanto, tanto... Até que fui encontrado... O “buscador encontrado”...
Só me deparei com a verdade última sobre a realidade, a partir do momento em que Ele me encontrou...
Desta forma, desde então, procuro conhecer cada vez mais profundamente a Sua verdade absoluta...
Dando graças a Ele por ter encontrado este cansado buscador, que estava perdido em suas buscas solitárias...
“Respondeu-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade, e a vida; ninguém vem ao Pai senão por mim” (João 14:6).
“Pedi, e dar-se-vos-á; buscai e achareis; batei, e abrir-se-vos-á. Pois todo o que pede recebe; o que busca encontra; e, a quem bate, abrir-se-lhe-á” (Mateus 7:7-8).


Link para o texto em PDF aqui.